Como criar e vender o seu primeiro Produto Digital
  • 09 Nov 2022
  • 5 Minutos para ler
  • Contribuintes

Como criar e vender o seu primeiro Produto Digital


Como criar e vender o seu primeiro produto digital

Se você está buscando uma oportunidade para empreender ou formas de ganhar uma renda extra, o mercado digital pode ser o caminho certo. Mais especificamente, o mercado de produtos digitais, ou infoprodutos


Aqui, praticamente qualquer habilidade ou conhecimento pode virar conteúdo e ser embalado para a venda como um produto digital. E esse conteúdo pode representar uma virada de chave na vida do consumidor. 


Os baixos custos, aliados à facilidade de produção e segurança da entrega, tornam os infoprodutos a escolha certa para quem está começando agora no mercado digital.


Fora isso, esse mercado está em franca expansão. A expectativa de crescimento para 2022 é de 21%, o que levaria a movimentação financeira desse segmento a inacreditáveis US$ 5,55 trilhões (ou R$ 26,96 trilhões). Isso equivale a 3x o PIB (produto interno bruto) do Brasil em 2021. 


Imagine que há um bolo muito grande, crescendo cada vez mais. O que você vai aprender agora é o jeito mais simples de ficar com uma fatia desse bolo. 


Vamos lá?


1 - Identifique o seu público


O primeiro passo para vender o seu produto digital. 


Todos os dias, milhões de pessoas buscam entretenimento e conexões com outras pessoas na internet. Elas têm personalidades distintas, desejos pessoais e passam horas nas redes sociais, seguindo, curtindo e opinando. Absolutamente todas essas pessoas têm uma coisa em comum: problemas a serem resolvidos. 


A dica para descobrir quais desses problemas são os mais comuns é o Google Trends. Ele mostra as tendências de pesquisa, em regiões do Brasil e do mundo. Basta procurar pelos termos mais pesquisados ou buscar uma palavra-chave para descobrir se há ou não interesse naquele assunto.


Esse conhecimento te ajuda a dar um tiro muito mais certeiro com o lançamento do seu primeiro produto digital. Afinal, se você já sabe que há uma demanda latente por determinada solução, basta ofertá-la.  


Enquanto essa matéria é escrita, por exemplo, a busca pela palavra “como” mostrou que houve um aumento repentino em pesquisas por “como secar o meu esmalte mais rápido”. Quem é esse público? 


Assim que descobrir quem são as pessoas no seu público, busque entender seus medos, dores e necessidades. Depois disso, estude como o seu conhecimento pode ajudá-las a alcançar o que desejam. 


2 - Escolha o formato


Uma das belezas desse mercado é sua variedade de formatos. Por mais que o conceito seja o mesmo (vender um produto digital), é possível fazer isso de diversas formas, cada uma apelando a um público ou solucionando problemas específicos. 


Alguns dos formatos mais populares são: e-books, cursos, mentorias, videoaulas e podcasts. Cada assunto se encaixa melhor em um formato, mas a escolha também deve considerar a estrutura e o capital disponíveis para a produção. 


Por exemplo: para vender um infoproduto sobre culinária, você precisa de imagens. Talvez você queira ensinar os seus clientes a atingirem o ponto certo da carne no churrasco. Isso pode ser feito com uma série de videoaulas ou através de um e-book. Considerando a sua estrutura atual, qual dos dois pode ser produzido com maior qualidade?


Esse exercício vale para qualquer nicho, e praticamente qualquer nicho pode ser adaptado a um formato mais acessível.


3 - Produza


Agora que você já escolheu o assunto e o formato do seu produto digital, é hora de começar a produção. Essa é a etapa mais longa do processo, mas não desanime, ela também é repleta de aprendizado. Primeiramente, você precisa de uma metodologia.


O ideal é começar pela pesquisa. Por mais que você seja um especialista no assunto, é importante saber exatamente o que o seu público busca e entender a melhor maneira de transmitir esse conhecimento. Dessa forma, além de poupar tempo e recursos, você garante a satisfação dos seus clientes. 


Depois disso, escolha a linha de raciocínio principal do seu infoproduto e desenvolva um roteiro. Essa etapa é importante para guiar o restante da produção. Quando o roteiro estiver pronto, certifique-se de revisá-lo. Se possível, peça para um sócio, amigo ou familiar avaliarem o conteúdo. Assim você pesca e elimina as inconsistências, ou pontos que estiverem sobrando. 


Agora transforme o roteiro em conteúdo! 


Considere contratar uma equipe especializada caso o seu formato exija uma produção mais elaborada. Um curso em vídeo, por exemplo, pode passar mais credibilidade se for gravado e editado por profissionais com o equipamento certo. 


4 - Planeje a distribuição


Assim que o conteúdo estiver pronto, formatado e editado corretamente, é hora de planejar a distribuição do seu primeiro produto digital. Essa etapa também exige que você estude o mercado almejado.


Você já conhece o seu público e domina o seu conteúdo, agora precisa entender como precificar a sua solução. O seu preço deriva de alguns fatores, como o custo da produção e dos anúncios que serão necessários para escalar as vendas. Você também precisa entender quanto os seus clientes estão dispostos a pagar. Uma dica válida é estudar os preços de produtos similares ao seu.


É aconselhável pensar em kits, amostras grátis e bônus associados ao seu produto. Assim você agrega mais valor à oferta e consegue atrair um público maior.


Também é preciso decidir onde hospedar o seu produto. Uma plataforma de vendas especializada em infoprodutos e com boas taxas é a melhor escolha. 


Por falar nisso, você sabia que a Doppus agora tem a melhora taxa do mercado, de apenas 3,99%? Experimente vender o seu infoproduto conosco! 


5 - Venda!


Todas as etapas são importantíssimas para o sucesso do seu produto digital, mas essa é essencial. Agora que você já conhece o seu público, já escolheu o formato, produziu o conteúdo e planejou a distribuição, chegou a hora de vender!


As duas formas mais rápidas de escalar as vendas são anúncios e afiliados. 


A maneira mais prática de anunciar online é alocando recursos para campanhas nas redes sociais, que levam o seu produto a um público pré-determinado. É possível segmentar esse público por idade, profissão, classe social e muito mais. Também é possível investir no ranqueamento da sua página de vendas em motores de busca, como o Google. Dessa forma, você pode aparecer no topo quando possíveis compradores pesquisarem por palavras específicas. 


Já com a ajuda dos afiliados, você pode aumentar exponencialmente o alcance das suas vendas sem esforço. Na Doppus, por exemplo, basta definir um percentual de comissão por venda e dispor o seu produto na vitrine para encontrar parceiros dispostos a vendê-lo. Assim que você tiver um afiliado, ele cuidará de todas as etapas da venda para você, do anúncio à conversão. Essa é a opção ideal para quem quer focar apenas na produção do conteúdo e lucrar sem se preocupar com as vendas. 


Suas habilidades são muito valiosas! 


Todos temos habilidades que podem ser muito valiosas para outras pessoas. Como vimos hoje, com o planejamento certo, você pode transformar o seu conhecimento em infoprodutos, e infoprodutos em um negócio lucrativo! 


O mercado digital pode ser muito democrático e apresentar pouquíssimas barreiras de entrada a quem tomar as decisões certas. Por isso, aplique as dicas que aprendeu aqui e observe o nascimento do seu negócio digital! 







Was this article helpful?